• contato@eduardoaffonso.com.br

Arquivos por dia29 29UTC março 29UTC 2016

Diferenças irreconciliáveis

 

– O que é isso, Miguel?
– Estou fazendo as malas, Vilma.
– Vai me abandonar quando eu mais preciso de você, seu traste inútil?
– Cansei de ser tratado como se fosse meramente decorativo.
– Decorativo, você? Não se enxerga, mesmo.
– Basta de sofrer ao seu lado. De viver à sombra.
– Chega de mimimi. Quanto você quer para ficar?
– Você pensa que sou um mercenário…
– Metade agora e os 30% restantes em 2018. É pegar ou largar.
– No começo você só roubava 10%…
– Inflação, meu filho. Tudo subiu.
– Pra mim, já deu. Seja feliz com sua base aliada, que eu irei em busca de novos desafios.
– Miguel, você devia me agradecer por eu te desprezar, porque seria pior se eu te ignorasse.
– Eu te dei tudo: carinho, apoio, base pra lamentar…
– Você só ficou comigo por interesse! Passou todos esses anos às minhas custas, seu sanguessuga, seu parasita! Se você sair por essa porta, vou fazer da sua vida um inferno! Fica, por favor… Daqui pra frente, tudo vai ser diferente.
– Eu não vou sair, Vilma.
– Eu sabia. É um bundão mesmo.
– Vilma…
– Peraí, essa mala vermelha é minha…
– E quem você achou que estava saindo?
– Miguel, e todos esses anos, e tudo que fizemos juntos, o mensalão, o petrolão, o canguru perneta de cócoras, nada disso conta?
– Tchau, querida.
– Me deixa ficar, Miguel, são só mais três anos…
– …
– E não é que o desgraçado ficou com o disco do Chico e me deixou o do Lobão! Malfeito eu até aceito, mas isso é golpe baixo. Golpe, não!