março 2016

  Pode até demorar um pouco, mas não vejo a hora de começarem as entrevistas desse povo que apoia Dilma, esclarecendo que não era bem assim. Eram a favor dos […]

  – O que é isso, Miguel? – Estou fazendo as malas, Vilma. – Vai me abandonar quando eu mais preciso de você, seu traste inútil? – Cansei de ser […]

  1. O Jardim Botânico, apoiado pelo TCU e pelo Ministério do Meio Ambiente, venceu a queda de braço com as comunidades que vivem dentro do parque. Venceu, mas não […]

  Esta semana completaram-se seis meses da morte do meu pai. Seis meses, seis horas, seis séculos, não faz diferença. Ele segue tão morto quanto nós, que sobrevivemos a ele, […]

  Viver é perder amigos. Para a morte, para a própria vida. Perdemos amigos porque mudamos, porque permanecemos os mesmos. Perdemos porque nos esquecem, porque não nos lembramos mais, porque […]

  1. Com o autogolpe, as coisas voltam aos seus devidos lugares: Lula reassume a presidência e Dilma cai de novo na clandestinidade. 2. Pra ninguém dizer que não estamos […]

  1. Já deve ter começado a patrulha a quem pintou a foto nas cores da bandeira da Bélgica, postou algo ao estilo “Je suis Bruxelas” ou se solidarizou com […]

  Tenho uma pena danada das feministas do PT, obrigadas a engolir em seco o machismo incontornável de Lula e ainda defendê-lo por haver dito aquilo que, em outra boca, […]

  Nos tempos da famigerada ditadura militar, o Henfil – pai da Graúna e dos fradins, irmão do Betinho (o “irmão do Henfil”) – criou o Cabôco Mamadô. Era uma […]

  Não vejo a hora de acabar essa muvuca política. Não pro país voltar a crescer, nem pro dinheiro roubado retornar aos cofres públicos, os bons serem recompensados e os […]